quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Pistolas

Pistola é uma arma de fogo portátil, leve, de cano curto, elaborada para ser manejada com uma só mão. Uma pistola geralmente é uma arma pequena de boa empunhaduro e rápido manuseio, feita originalmente para uso pessoal (uso por uma pessoa) em ações de pequeno-alcance.
No século XV o termo era usado para definir também pequenas facas que podiam ser escondidas dentro das roupas de uma pessoa. No século XVIII o termo começou a ser usado para definir a pequenas armas de fogo de mão.
As pistolas são classificadas por calibre, definindo em vários países as de uso permitido ou não, por suas potências diferenciadas.
Pistolas do mesmo calibre podem utilizar munições diferentes, aumentando seu poder de impacto, perfuração ou dano interno no alvo.
Pistolas são, geralmente, semi-automáticas - disparam um projétil por cada vez que se comprime o gatilho, recolocando um outro cartucho na câmara, pronto para o disparo seguinte. Existem também alguns modelos totalmente automáticos - que podem disparar vários tiros enquanto se mantiver o gatilho pressionado. Sua eficácia é duvidosa, dado o pequeno tamanho da arma (cano) e cadência de tiros muito rápida.
Um modelo automático de pistola é a Mauser 712 uma variante da famosa Mauser C96. Eram bastante comuns as pistolas totalmente automáticas na Espanha, sendo produzidas por exemplo pela fabricante Astra. Atualmente a fabricante austríaca Glock produz um modelo automático, em calibre 9mm, a Glock 18.
Pistolas, além de outras armas de fogo, são utilizadas no tiro esportivo.


Mauser C96


A Mauser C96 foi a primeira pistola semi-automática a conhecer um uso generalizado. A arma foi projectada em 1895 na Alemanha, pela Mauser, a partir de 1896. A C96, ou variantes da mesma, foram também fabricadas, sob licença, em outros países, como a Espanha e a China. pelos irmãos Fidel, Friedrich e Josef Feederle, sendo fabricada na
As principais características da C96 são o depósito interno de munições na frente do gatilho, o cano longo, o coldre de madeira que pode ser utilizado como coronha e o punho em forma de cabo de vassoura.
A Mauser C96 pode ser considerada uma das primeiras armas do tipo actualmente chamado Personal Defense Weapon, dado que o seu cano longo e a potência da sua munição, lhe dão um maior alcance e capacidade de penetração que as pistolas convencionais.

Calibre: 9x19 mm Parabellum ou 7,63x19 mm
Comprimento: 29,8 cm
Comprimento do Cano: 14 cm
Peso: 1,13 Kg
Funcionamento: Curto recuo do cano, semi-automático
Raiamento: Quatro raias à direita
Alça de Mira: 450 m ou 700 m
Carregador: 10 cartuchos
Velocidade Inicial: 427 m/seg.

video


Colt M1911


A Colt M1911 é uma pistola semi-automática, "single action" de calibre.45 ACP. desenhada por John M. Browning. Foi a pistola de serviço das forças armadas americanas de 1911 a 1985, apesar de ainda ser usada algumas unidades. Operada a gás, denominação de curto recuo do cano (short recoil), tem como características fundamentais a robustez, segurança, fiabilidade, poder derrubante e quase 100 anos de provas dadas no terreno. Foi amplamente usada na 1ª e 2ª Guerras Mundiais, na Guerra da Coreia e do Vietname. Durante o seu tempo de serviço foram produzidas cerca de 2,7 milhões de unidades.

 Calibre     .45in ACP 
Operação     Recuo Curto 
Cadência do Tiro     semi-automático 
Velocidade de saída do projéctil     244 m/s 
Alcance eficaz     62 mts 
Peso     1,36 kg 
Comprimento total     210 mm 
Comprimento do cano     89mm mod. Officer's ACP 
Alimentação     carregador de 7 munições +1 na câmara 
Miras     alça e ponto de mira

video


Glock 17


A Glock Modelo 17 (G17) foi a primeira pistola projetada e fabricada pela empresa austríaca Glock Gmbh É caracterizada pelo seu baixo recoil, um carregador de maior capacidade padrão (17 cartuchos) e uma alta cadência de tiro.A G17 foi mostrada pela primeira vez no início dos anos 80 para a formação do exército austríaco. Ela entrou em serviço com o nome de P80.
Em 1980 as forças armadas austríacas convocam um concurso para substituir a pistola regulamentar e convidam a Glock para participar. Não estando no negócio e fabricação de pistolas dá a Gaston Glock uma perspectiva original e  moderna. Visualiza um novo desafio e projeta a pistola semi-automática Glock 17 no calibre 9 mm. A pistola, de aspecto grosseiro, simples, quadrada, sem cão externo nem seguranças manuais, aglutinava uma serie de propostas: carregador de grande capacidade, uso de polímeros no chassi, com peças embutidas e, principalmente, resolvia o problema do primeiro disparo das semi-automáticas de ação dupla. Não foi a primeira pistola com carregador de grande capacidade, nem a primeira com frame de polímero, nem a primeira sem cão externo. Sua originalidade resultou no sistema de funcionamento, batizado de "Safe Action" que permitiu a eliminação de seguranças manuais.
    O "Safe Action" permite carregar a arma com um cartucho na câmara, com segurança total e os tiros, do primeiro ao último, requerem que se aperte o gatilho. O mecanismo do tiro começa ao colocar o dedo junto ao gatilho e apertar uma lingüeta. Este mecanismo bloqueia o movimento do gatilho. Ao apertar a lingüeta com a gema do dedo e iniciar o movimento do gatilho, dois dispositivos internos de segurança são desativados: o primeiro, chamado de "safety firing pin" impede que a agulha percussora atinja a munição na câmara; e o segundo, chamado de "safety drop" impede que a  agulha percussora avance a menos que seja apertado o gatilho completamente. Dito de outra maneira, se não inserir o dedo no guardamato e apertar o gatilho, é absolutamente impossível que o tiro aconteça, durante uma queda da arma, sopros, etc...
   Sua estrutura é preenchida com polímero plástico e sofisticado. Nem só cuidados manuais, mas o seguro automático integrado a torna segura de transportar e disparar, mas em troca da comodidade de não ter que remover a segurança antes de disparar, o gatilho da Glock requer muita pressão cerca de 2,5 quilos, pressão que é muito grande em comparação com outras armas.Quando foi revelado que a sua estrutura era de polímero surpreendeu ligeiramente os usuários de armas e alguns pensaram que era feita de plástico e, portanto, era imperceptível aos detectores de metais.
    No entanto,outras peças são de metais e assim o modelo é visto por detectores de metal. O ferrolho e o cano são tratados com o processo QPQ Tenifer, o que a torna muito mais durável.
   A G17 se tornou muito popular por sua facilidade de utilização, durabilidade, preço razoável e uma precisão de tiro acima da média.
Ela é muito confiável em ambientes hostis para pistolas, como desertos, selvas e nas regiões árcticas.




Peso     703 g  
Comprimento     186 mm  
Comprimento do cano     114 mm  
Munições     9mm Parabellum  
Sistema de disparo     Ação segura 
Cadencia de tiro     Semi-automática
Alcance efectivo  50 m  
Carregador      17 cartuchos em fila dupla 
Miras      Lâmina(frente)  Corte em "U" (atrás)



  
video



H&K USP


 No final dos anos 80 e inicio dos anos 90 a HK estava desenvolvendo uma nova pistola semi automática que pudesse ser usada tanto por forças policiais como por forças militares como armamento regulamentar. A nova pistola foi chamada de USP (Universal Selbstlade Pistole) ou ainda, pistola semi-automática universal. A pistola USP foi planejada para ter muitas versões com diversos calibres e tamanhos. As primeiras pistolas desse modelo foram disponibilizadas nos calibres 9 mm Parabellum e no 40 S&W e logo teve sua versão em 9 mm adotada como arma de porte do exercito alemão, sob o nome de P-8, como lá é designada. Posteriormente, foram apresentadas as versões em calibre 45 ACP e em 357 SIG, essa ultima exclusiva da versão compacta USP Compact. Como não podia deixar de ser, esta nova pistola incorpora uma inovação técnica que faz com que haja uma significativa redução do recuo do disparo. A HK USP tem tido enorme sucesso no mercado por ser uma pistola que traz consigo o que há de melhor em termos de características de uma pistola de porte. Seu tamanho é adequado ao porte, e seu peso reduzido devido ao uso de um chassi de polímero. Seu carregador é de grande capacidade, mesmo quando calçando o gorducho calibre 45 ACP, onde tem a capacidade de 12 tiros. Sua mira ajustável lateralmente e possui o sistema tri dot que facilita o seu uso em ambientes de baixa iluminação. A arma vem de fabrica com o trilho de acessórios, que possibilita o uso de lanternas, e miras laser sem a necessidade da mão de obra de um armeiro, e seu acabamento anti-oxidação garante uma durabilidade longa da arma. Na verdade a HK USP é um típico armamento da HK, que agrega confiabilidade mecânica e extrema qualidade do produto. O valor da USP é similar aos das pistolas similares, não sendo, assim uma arma cara. 


Calibre    9mm Parabellum,.40 S&W,. 45 ACP,.357 SIG
Peso       Varia entre 748 g a 848 g
Comprimento     Varia de 194mm a 240mm
Comprimento do cano     Varia entre 108 mm a 153mm
Sistema de disparo     semi-automática,recoil baixo
Alcance efetivo    50 m(9 mm) / 30 m (.45 ACP)
Alimentação/carregadores      carregador 
 com 8 munições a 18
Mira          "3 pontos" do tipo traseiro ajustável em (tátic

video



Beretta 92F


As forças armadas dos Estados Unidos adotaram em 1911 a pistola semi-automática Colt, calibre 45. Com ela foram à primeira e a segunda guerra mundial, a guerra de Coréia e a do Vietnã. Ao fim destes conflitos os Estados Unidos pressionaram fortemente seus aliados da OTAN para adotar um calibre comum mais pequeno e manejável em rajadas do que o 7,62 mm que se utilizava e então padronizaram os fuzis de assalto da aliança do Atlântico Norte no calibre 5,56 mm. Em contrapartida, os países europeus, que já utilizavam extensamente o calibre 9 mm (9x19) exigiram que também se unificassem os calibres das armas curtas.
      Por outro lado, desde 1911, as armas curtas evoluíram consideravelmente. Então as forças armadas dos Estados Unidos convocaram, no início dos anos  80, um concurso aberto para substituir a venerável Colt 1911 A1.
     Foi exigido que se fizesse uma pistola semi-automática de ação dupla, de calibre 9 mm, com capacidade mínima de 15 tiros e que tivesse  dispositivo interno de segurança, de modo que o cão não atingisse diretamente o percussor.
     Atraídos pela magnitude do contrato em jogo, participaram quase todos os fabricantes, tanto dos Estados Unidos como de outros países. Os participantes estrangeiros tiveram que firmar compromissos para fabricar a arma nos Estados Unidos. Isto fez com que alguns países desistissem. Finalmente continuaram  na disputa a Smith & Wesson, Sig Sauer, Heckler & Koch, Colt e a italiana Beretta. Os testes se realizaram por mais de um ano e para surpresa de todos, e indignação dos fabricantes locais, se impôs a italiana Beretta 92F, que passou a chamar-se modelo M9.
    A Smith & Wesson e a Sig Sauer protestaram sobre a decisão, enquanto a consternação tomou conta dos simpatizantes da Colt e da Smith & Wesson. Mas a verdade é que nenhum dos fabricantes locais propôs um modelo de pistola que fosse realmente superior. Este concurso ocorreu meses antes que a Glock aparecesse no mercado, rompendo todos os esquemas vigentes. A Beretta ganhadora era evoluída do modelo 1951, adotada como arma regulamentar pelo Egito e Israel. A modelo 92 apresentava varias melhorias, como mecanismo de ação dupla, carregador de grande capacidade, ergonomia melhorada, sistemas de miras redesenhado, segurança ambidestro, e botão do carregador recolocado, etc...
       Pietro Beretta é o fabricante de armas mais antigo do mundo. Suas primeiras armas datam de 1526 e sempre mantiveram uma alta qualidade e acabamentos de primeira. O modelo 92F resultou uma arma grande, muito bem construída, robusta, resistente, confiável e com preços aceitáveis para o governo norte-americano. Isso era tudo que as forças armadas deste país queriam. Rapidamente, o fabricante  Bianchi, norte-americano, projetou um coldre perfeito para a Beretta e seus acessórios.
     A Beretta M9, como se conhece nos Estados Unidos, segue sendo a arma regulamentar, ainda que fizeram compras da Sig Sauer e os grupos especiais foram equipados com a H&K USP. A 92F, da qual derivaram múltiplos modelos da própria Beretta, assim como "clones" de outras marcas, foi adotada por mais de 2.000 forças policiais e militares do mundo. O cinema e a televisão contribuíram notadamente para a sua popularidade. Mas, apesar de ser uma boa pistola semi-automática, contribuiu, de maneira definitiva para "romper" o mercado norte-americano das armas curtas, abrindo uma porta para os fabricantes estrangeiros, por onde entrariam mais tarde a Glock, Taurus, Sig Sauer, Heckler & Koch, CZ e muito mais.

 Calibre           9x19mm Parabellum,.40 S&W,9x21mm IMI,765 mm Luger
 
Peso               Varia de 900g a 950g
 
Comprimento     Varia de 197 mm a 217 mm

 Comprimento do cano      Varia de 109 mm a 125 mm

Alcance efetivo         50 m



video

H&K P7
 
 A H&K P7 é uma pistola Alemã 9 milimetros semi-atomática projetada por Helmut Weldle e produzido pela Heckler e Koch GmbH (H & K) de Oberndorf am Neckar . Foi revelada ao público pela primeira vez em 1976, como o PSP (Polizei Selbstlade Pistole - "auto pistola semi-policial").
    Na busca de resolver o problema das pistolas semi-automáticas de ação dupla, que apresentam uma diferença entre o primeiro disparo e os seguintes, a H&K projetou um arma com um mecanismo original: a empunhadura apresenta uma peça saliente, que ao pegar a arma na mão e oprimi-lo, aciona  o percussor da pistola. Desta forma se pode usar esta arma com segurança e com uma bala na câmara e todos os disparos, desde o primeiro até o último, requer a mesma pressão na empunhadura.
    Uma arma pequena, compacta, ergonômica e apesar de seu curioso mecanismo, a P7 foi fabricada em 9 mm, com carregador de 8 projéteis. Após se seguiram modelos derivados. O mais importante foi a P7M13, com culatra maior para alojar um carregador de coluna dupla, com treze projéteis.
    A Heckler & Koch P7M13 foi adotada por orgãos policiais alemães e de outros países. É considerada uma pistola semi-automática extremamente segura, eficiente e precisa. Seu mecanismo, mesmo não sendo copiado e nem inspirou outros projetistas, demonstrou que era possível inovar em matéria de armas curtas. Atualmente é fabricada sob denominações  de P7M8, P7PSP e P7M13, todas em calibre 9 mm.


 Calibre         9 mm parabellum,380 ACP,.40 S&W

 
Peso           Uma média de 780 a 800 g.mas pode variar

     
Comprimento    Varia de 160 mm a 175 mm

 Comprimento do cano      varia de 96,5 mm a 145 mm conforme suas variações

Alcance efetivo   Varia de 30 a 50 m


Alimentação/carregador      o Carregador varia de 8 a 17 cartuchos



video


Desert Eagle

Você pode não ter notado, mas ela aparece em muitos filmes de ação e é figurinha carimbada em jogos de video game com temática policial ou de guerra. Trata-se da Desert Eagle, a mais poderosa arma de mão do mundo e, não por acaso, também a mais famosa. Mas o que faz dela esse verdadeiro mito entre os entusiastas de armas de fogo?
    Comecemos pela própria concepção dela. Grosso modo, ela possui um sistema de realimentação automático dos cartuchos operados por meio de um mecanismo a gás, similar ao encontrado em rifles. Deste modo, ela pode utilizar cartuchos de munição de calibres absurdamente poderosos para uma pistola, como .357 Magnum, .44 Magnum (daí ela ser conhecida muitas vezes por Magnum 44) e a .50 AE (Action Express), de poder de destruição impressionante.
Embora possua um stopping power (poder de deter um inimigo com apenas um tiro) de 100% na maioria das situações e consiga acertar um alvo com precisão de até 200 metros, a Desert Eagle é uma arma pouco recomendada para combate devido ao seu calibre exagerado, peso (quase 2Kg), munição (calibre .357 suporta pentes com no máximo 9 catuchos, .44 até 8 cartuchos e .50 AE apenas 7 cartuchos) e maneabilidade. Mesmo assim, ela é presença certa em clubes de tiro e caçadas em países onde a legislação permite ao cidadão comum possuir armas deste calibre. Ademais, ela aparece em muitos filmes como Matrix e jogos como Counter Strike, Call of Duty, Redident Evil, Far Cry e Max Paine, onde as desvantagens dela são evidentemnte anuladas. 


Calibre    357 MAG, .44 MAG e .50 AE

Peso       Varia de 1650 g a 2050 g

Comprimento      270 mm

Comprimento do cano      152,5 mm

Alcance efetivo                     200 m

Alimentação/cartucho        Varia de 7 a 9 cartuchos  
video




Um comentário: